Informações e vendas: (62) 3240-2300
Portal do corretor Portal do cliente

Blog

Mais lidas

Home    /    Porque Goiânia é considerada a capital verde do Brasil?

Dicas

19/06/2020

Porque Goiânia é considerada a capital verde do Brasil?

A conexão com a natureza serve como um ponto de refúgio nos dias frenéticos das grandes cidades. Ter um parque ou uma praça perto de casa aumenta a qualidade de vida para quem os frequenta, já que esses lugares possibilitam a prática de exercícios físicos ao ar livre, proporciona espaços para que a criançada brinque com segurança, e serve até mesmo como um local para quem quer relaxar.

Falando sobre este assunto, uma das maiores qualidades de Goiânia é a quantidade de árvores pelas vias urbanas. A capital goiana possui a maior área verde por habitante do país. Em nível mundial, fica atrás apenas da cidade de Edmonton, no Canadá. E é por este motivo que Goiânia é considerada a capital verde do Brasil. Quer saber mais sobre como isso é benéfico para nossa saúde e para o meio ambiente? Continue lendo nosso artigo de hoje!

Benefícios da arborização de cidades

Além de embelezar as cidades, a arborização proporciona excelentes benefícios à saúde e ao meio ambiente. Mas como? As folhas das árvores produzem seu próprio alimento através do processo de fotossíntese, que transforma o gás carbônico em oxigênio. Um ambiente mais arborizado produz mais fotossíntese, logo, melhora a oxigenação do ambiente.

Outro ponto é que as árvores são responsáveis por criar microclimas - que diminui a velocidade dos ventos, aumentam a umidade do ar e refresca o ambiente.

As árvores ainda são capazes de captar minis partículas finas de sujeira que ficam suspensas no ar, auxiliando na melhora da qualidade do ar do planeta.

Quantidade de parques em Goiânia

Goiânia também é destaque pela quantidade de parques que possui. No total, são mais de 40 parques em toda a capital. Os mais famosos são o Parque Vaca Brava, localizado no Setor Bueno, seguido do Parque Flamboyant, localizado no Jardim Goiás. Já o Bosque dos Buritis e Lago das Rosas ficam localizados no Setor Oeste da região. E não podemos nos esquecer do Parque Areião, que abrange os setores Pedro Ludovico, Marista e Sul.

Todos esses parques são frutos de um planejamento urbano voltado para aumentar a qualidade de vida de seus moradores. Em Goiânia, as áreas verdes superam em quase oito vezes a taxa indicada pela Organização das Nações Unidas (ONU), que é de 12 m² de áreas verdes por pessoa. Os parques contribuem diretamente na arborização e consequentemente, no porquê Goiânia continua no ranking das cidades verdes do país.

A importância do crescimento planejado para preservação do título de capital verde

Entre os anos de 1930 a 1990, muitas áreas verdes originais de Goiânia foram destruídas devido ao crescimento desorganizado da cidade. Por isso, os bairros planejados (como os condomínios horizontais) são de extrema importância para preservação destes espaços de vegetação.

Além da mata preservada dentro dos condomínios, a arborização das vias públicas em avenidas de bairros planejados é comprovadamente maior do que os que nasceram sem estratégia.

Por isso, se você planeja comprar um imóvel para morar ou investir, aposte nos empreendimentos que visam a conservação das árvores e que contribua para que Goiânia continue sendo a capital verde do Brasil. Saiba que é possível viver uma vida urbana, mas também com a qualidade de vida que as áreas verdes proporcionam.

Gostou do assunto de hoje? Continue ligado em nosso blog para conferir outras novidades do mercado imobiliário, dicas, tendências e notícias do grupo Adão Imóveis. Siga-nos também nas redes sociais Facebook e Instagram.

Fonte: Prefeitura de Goiânia.

Voltar